LightBlog

Uma das perguntas frequentes que os influenciadores digitais fazem é se devem abrir ou não uma empresa. Entrevistamos a contadora Sandra Ma...

Importância de abrir uma empresa

Uma das perguntas frequentes que os influenciadores digitais fazem é se devem abrir ou não uma empresa. Entrevistamos a contadora Sandra Macedo, do ContaDez Contabilidade, e ela nos explicou com muito carinho como agir quando chega a hora de nos formalizarmos.

BP: Sandra, qual a importância de abrir uma empresa?
S: A palavra chave é a formalização. Você formalizando a empresa estará dando existência jurídica a ela, mas para isso é necessário avaliar todas etapas que envolve a abertura dessa empresa. Quando falo se formalizar é tirar do papel, fazer o seu sonho se tornar realidade, alcançar resultado mantendo a empresa regularizada perante os órgãos públicos e manter a empresa em operação e crescimento.

Para se formalizar temos que definir qual será a estrutura societária da empresa, de acordo com a legislação brasileira em vigor. 

Temos as seguintes opções para constituição da sua empresa:

Estrutura Societária

Sociedade Limitada: A Sociedade Limitada é um tipo de empresa que exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços e que reúne pelo menos dois sócios.

Empresário Individual: O Empresário Individual é uma empresa representada por uma única pessoa física que, por sua vez, responde sobre a empresa integralmente. O empresário individual integra à empresa a exploração de seus bens pessoais.

Não existe, portanto, separação jurídica entre os bens do indivíduo e de sua empresa (em termos contábeis, nesse modelo não vigora o princípio da separação do patrimônio).

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada - Eireli: A Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) é, assim como o Empresário Individual, constituída por apenas um titular da totalidade do capital social. Neste caso, diferente do empresário individual, o proprietário não responde pelas dívidas da empresa com seus bens pessoais. 

BP: E quando sei que é hora de transformar meu blog em empresa e qual a importância disso?
S: O momento ocorre quando o Blog que você criou somente para compartilhar idéias acaba se transformando em trabalho e a demanda vai crescendo,daí então é hora de se formalizar e é importante porque não se trata mais de um simples entretenimento e sim de um negócio que está se expandindo.

BP: É preciso ser empresa para registrar minha marca?
S: Não, para registrar uma marca você pode ser uma pessoa física ou jurídica, mas com certeza se formalizando e registrando sua marca pela empresa terá mais credibilidade no mundo dos negócios. 

BP: Certo, vou me formalizar. Quais as formalizações existentes e adequadas para um blog e qual o valor que eu pago por cada uma delas mensalmente?
S: Neste caso terá que procurar um contador e ele fará um estudo do negócio que você vai abrir, qual é o objeto social adequado para a empresa (Atividade da empresa) e qual o regime tributário que vai se adequar a esse tipo de empresa Temos o Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, é muito importante esse estudo tributário para início do negócio, porque ele é quem vai definir a carga tributária que a empresa vai ter que formalizar

BP: E como faço para me formalizar?
S: Através da assessoria de um escritório de contabilidade, você terá toda assistência para formalização, que irá solicitar todas as inscrições necessárias para o andamento do negócio, Registro na Junta Comercial do seu estado, inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ, Inscrição Municipal, Inscrição Estadual e todas as licenças necessárias que são solicitadas para cada tipo de empresa que será aberta.

BP: Qual a receita máxima que posso ter por ano em cada formalização?

MEI - Micro Empreendedor Individual - R$ 81 mil reais anuais, o que resulta em uma média mensal de R$ 6.750,00

SIMPLES NACIONAL - para pequenas e médias empresa temos R$ 4,8 milhões, o que equivale a uma média mensal de R$ 400 mil.

LUCRO PRESUMIDO - limite de receita bruta anual até R$ 78.000.000

LUCRO REAL - sem limite de opção.

BP: Me formalizei. E agora?
S: Agora vem o planejamento estratégico para se organizar e definir quais são seus objetivos, que estratégia deverá adotar para alcançá-los, metas para o sucesso, gestão do seu negócio e cumprir com as obrigações legais.

BP: E eu vou ter benefícios de crédito após a formalização?
S: Sendo uma pessoa jurídica você terá mais oportunidades de negócio onde poderá aumentar ainda mais sua renda. Poderá abrir uma conta no banco para pessoa jurídica onde terá possibilidades de créditos para expansão dos negócios.

Após entendermos qual é o processo de formalização de uma empresa, conversamos com o advogado Dr. Paulo Borges Junior sobre os motivos de se formalizar vistos pelo lado jurídico. Já que precisamos saber se realmente vale a pena passar por este processo.

BP: Dr. Paulo, qual a segurança que uma pessoa passa a ter ao se formalizar?
P: Como empreendedor a grande segurança que você adquire é a de que além de ter todos os seus atos fiscalizados pelo FISCO, também serão assegurados a você todos os direitos inerentes de um empresário. Como um profissional autônomo por exemplo é mais difícil comprovar sua renda, o que não acontece com o empreendedor formalizado.

BP: E qual a importância de se formalizar?
P: Temos a possibilidade de imediata fatura, por exemplo. Quando você se formaliza pode emitir notas e faturas o que te abre um leque empresarial maior e que aumenta sua carteira de clientes de grande porte e que só trabalham sob essas medidas.

Outro motivo, é o maior controle financeiro. Quando você opera através de uma empresa regularizada, você controla o faturamento separando a pessoa física da jurídica. IMPORTANTE RESSALTAR que esta confusão financeira entre Pessoa Física e Pessoa Jurídica gera fraude o que não é bem visto pelo poder judiciário. E por fim, pelo baixo custo para se formalizar, tendo em vista que hoje no Brasil o custo para manutenção é muito baixo e por isso vale realmente a pena.

BP: Atualmente o maior youtuber do Brasil, que não é só mais uma marca registrada mas também uma empresa, tira em média de 18.000,00 a 108.000,00 dólares/mês. É mais fácil declarar esse tipo de valor quando se é pessoa jurídica? 
P: Com certeza! A declaração de Imposto de Renda para a Pessoa Jurídica é muito mais facilitada que para a Pessoa Física. A alíquota de impostos de Pessoa Física é muito maior que sobre a Pessoa Jurídica, o que gera uma economia de aproximadamente 50% no faturamento mensal. Então uma pessoa que tenha um rendimento de R$1000,00 ao mês, por exemplo, vai pagar em média R$: 270,00 de imposto sendo Pessoa Física, ao passo que sendo Pessoa Juridica pagará em média R$: 130,00 de imposto. Portanto além da facilidade, isso gera uma grande economia no faturamento mensal. 

BP: E para finalizarmos, Dr. quais os benefícios sociais que um empreendedor tem?
P: Aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio doença, salário maternidade, seguro desemprego, licença maternidade e bolsa maternidade. E para os familiares: Pensão por morte, auxílio reclusão, dentre outros.

Bom, agora que você já sabe como fazer e os benefícios de abrir uma empresa, é hora de sentar e avaliar: “Chegou a hora de me formalizar?” e se a resposta for SIM então se joga.

Jessica Reis
Redatora do Portal Blogueiras Paulistas

Para saber mais consulte nossos entrevistados: 
Contadez Contabilidade
Fundada por Sandra Macedo, Técnico Contábil e Bacharel em Contabilidade, profissional da área há mais de 22 anos, atuando no mercado desde 2008, frente às demandas e soluções empresariais.
Tel. 11 2384-7222 | Cel. 11 2384-7223
Rua Manoel Gaya, 880-Sala 04 – Vila Mazzei - São Paulo - SP
Borges e Monici Sociedade de Advogados
Dr.Paulo Borges Junior, Advogado, pós graduado em Direito Contratual pela FAAP, pós graduado em processo civil pela Damasio Edicacional, docente em processo civil e direito civil na Universidade Anhanguera Educacional, membro da comissão de direitos e prerrogativas da OAB/SP, sócio proprietário da banca de advogados Borges e Monici advogados
Rua Alferes Magalhães, 92, Conj. 54, Santana, Cep: 02034-006
Email: p.borges@bcem.adv.br
Tel: 11. 2971-0008

0 comentários: